Menu

BOLSAS DE MÉRITO 2021: Candidaturas abertas de 11 de Janeiro a 31 de Março!

O Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação vem, por este meio, tornar público que no dia 11 de Janeiro de 2021 estarão abertas as candidaturas às bolsas de estudo no âmbito do Programa de Envio Anual de 300 Licenciados/Mestres Angolanos com Elevado Desempenho e Mérito Académico para as Melhores Universidades do Mundo, aprovado pelo Decreto Presidencial nº 67/19, de 22 de Fevereiro, e encerrarão no dia 31 de Março de 2021.

Bolsas de estudo disponíveis por níveis de ensino, para o ano de 2021:

  • Especialidades médicas;
  • Mestrado;
  • Doutoramento.

As candidaturas serão feitas, exclusivamente, no site www.inagbeangola.com.

Requisitos:

  1. Idade:
  • Até 30 anos – Mestrado e Especialidade Médica;
  • Até 35 anos – Doutoramento;
  1. Curso:
  • Mestrado (ter licenciatura) e Especialidade Médica(ter a licenciatura ou mestrado em medicina);
  • Doutoramento – ter mestrado;
  1. Ter média igual ou superior a 16 (dezasseis) nos níveis precedentes (Licenciatura e Mestrado);
  2. Ter situação militar regularizada, para os candidatos do sexo masculino;
  3. Interessados, com visto de estudante e até 2 anos de permanência no país de formação, aceites ou a frequentar um curso de pós-graduação (1º ano de Mestrado, ou 1°/2° ano de Doutoramento), numa universidade colocada no ranking das 600 melhores universidades do mundo em 2019, dentro de um dos rankings: Times Higher Education Ranking, QS World University Ranking e ARWU- Shangai Ranking, localizada num dos seguintes países: África do Sul, Argentina, Austrália, Alemanha, Bélgica, Brasil, Canadá, Chile, China, Coreia do Sul, Dinamarca, Espanha, EUA, França, Holanda, Hungria, Itália, Japão, Noruega, Polónia, Portugal, Reino Unido, Roménia, Rússia, Singapura, Suíça e Ucrânia.

Processo de Selecção

O processo de selecção decorrerá em Angola e será assegurado por um Júri Nacional, sendo constituído por 7 (sete) fases consecutivas e eliminatórias, nomeadamente: (1) Candidatura, (2) Análise Documental, (3) Testes de Conhecimento, (4) Entrevista Centrada nas Competências, (5) Entrevista Final, (6) Exames Médicos e (7) Selecção pela Instituição de Ensino Superior Estrangeira. Os candidatos já aceites ou a frequentar cursos de pós-graduação em instituições no estrangeiro referidas no número III.5, estão isentos das fases 3, 4, 6 e 7 deste processo selectivo.

 Documentação necessária:

  • Fotocópia do Bilhete de Identidade;
  • Fotocópia do Passaporte;
  • Comprovativo da situação militar regularizada (para candidatos do sexo masculino);
  • Carta de recomendação de um professor, e/ou do orientador, empregador ou ex-empregador que conheça o candidato;
  • Declaração de frequência de estudos da instituição (para os que estão em pós-graduação numa Instituição de Ensino Superior estrangeira de referência);
  • Diploma e Certificado de Licenciatura, com notas discriminadas, para candidatos a bolsa de Mestrado;
  • Diploma e Certificado de Mestrado, com notas discriminadas, para candidatos a bolsa de Doutoramento;
  • Declaração ou Recibo de Homologação/Reconhecimento dos estudos emitido pelo Instituto Nacional de Avaliação, Acreditação e Reconhecimento de Estudos do Ensino Superior;
  • Esboço do projecto de investigação, para os candidatos ao Doutoramento;
  • Declaração de compromisso, caso seja seleccionado, em como regressa ao país, após a conclusão da formação.

 

Para mais informação, envie um e-mail para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., ou entre em contacto no seguinte número: +244 922157333.

Baixe aqui o Edital das Bolsas de Mérito 2021: Versão 1, Versão 2.

 

Ler mais ...

CPLP realiza Conferência Internacional sobre Avaliação e Regulamentação do Ensino Superior - 10 de Dezembro - Participe!

A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e a Agência Reguladora do Ensino Superior de Cabo Verde estão a organizar uma Conferência internacional, em formato virtual, subordinada ao tema «Sistema de Garantia da Qualidade do Ensino Superior no espaço da CPLP: Pressupostos e Estratégias de Avaliação e Regulamentação», no dia 10 de Dezembro de 2020, entre as 11H00 e as 15H00.

A conferência internacional, organizada no âmbito da presidência em exercício cabo-verdiana, tem como objectivo a partilha de experiências e boas práticas entre os Estados-membros da CPLP sobre Sistemas de Garantia da Qualidade do Ensino Superior.

O Secretário Executivo da CPLP, embaixador Francisco Ribeiro Telles, participa na sessão de abertura da conferência com o Secretário de Estado Adjunto da Educação de Cabo Verde, Amadeu Cruz.

Este evento enquadra-se no âmbito da implementação do Plano Estratégico de Cooperação Multilateral no Domínio da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior da CPLP (2014-2020), aprovado na VI Reunião de Ministros da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior da CPLP, em Maputo, em 2014.

Acompanhe a conferência através da plataforma ZOOM, com limite até 100 inscrições, e também em direto no canal de Youtube da CPLP.

Meeting URL: https://url.cplp.org/ciarescplp

Meeting ID: 945 5155 4087

Senha de acesso: 566554

 

 

PROGRAMA 

CONFERÊNCIA INTERNACIONAL

«Sistema de Garantia da Qualidade do Ensino Superior no Espaço da CPLP: Pressupostos e Estratégias de Avaliação e Regulamentação»
10 de Dezembro de 2020
Videoconferência (ZOOM)


 

11h00-11h10 | Entrada/Receção dos Participantes e convidados

11h10-11h30 | Sessão de Abertura

  • Embaixador Francisco Ribeiro Telles, Secretário Executivo da CPLP
  • Dr. Amadeu Cruz, Secretário de Estado Adjunto da Educação de Cabo Verde


11H35 | PAINEL I. Garantia da Qualidade do Ensino Superior no Espaço da CPLP

Moderador: Dr. João Boaventura Ima Panzo – Diretor da Ação Cultural e Língua Portuguesa, Secretariado Executivo da CPLP

ORADOR: Dr. Jesus A. Tomé, Instituto Nacional de Avaliação e Acreditação Reconhecimento de Estudos do Ensino Superior (INAAREES) de Angola
Tema: Construção de um Sistema de Garantia da Qualidade no Ensino Superior no contexto de Angola.

ORADOR: Dr. Márcio Leão Coelho, Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (SERES) do Brasil
Tema: Modelo de Avaliação do Ensino Superior no Brasil.

ORADOR: Dr. José Jorge Dias, Agência Reguladora do Ensino Superior (ARES) de Cabo Verde
Tema: Garantia da Qualidade do Ensino Superior em Cabo Verde: Pressupostos e estratégias de avaliação e regulamentação.

12H25- 12H55 | Debate

12H55 | PAINEL II. Avaliação enquanto Ferramenta de Mudança no Ensino Superior no Espaço da CPLP: Desafios e Propostas.

Moderador: Eng.º Hélio Africano, NOSI - Cabo Verde

ORADOR: Dra. Ana Nhampule e Prof. Jefy Mukora, Conselho Nacional de Avaliação de Qualidade do Ensino Superior (CNAQ) de Moçambique
Tema: Garantia de Qualidade do Ensino Superior na Era Digital: desafios e perspetivas para Moçambique.

ORADOR: Dr. Jorge Carvalhal, Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) de Portugal
Tema: O Quadro Normativo no Ensino à Distância.

ORADOR: Representante da Agência Reguladora de São Tomé e Príncipe
Tema: Desafios e estratégias de implementação do Sistema de Avaliação do Ensino Superior em São Tomé e Príncipe.

ORADOR: Dr. Samuel Freitas, Agência Nacional para Avaliação e Acreditação Académica (ANAAA) de Timor-Leste
Tema: Desafios e estratégias de implementação do Sistema de Avaliação do Ensino Superior em Timor-Leste.

14H00-14H30 | Debate

14H30 | Sessão de Encerramento
Apresentação da Declaração de Recomendações das Agências Reguladoras no Espaço da CPLP – Horizonte 2030
ORADOR: Dr. José Jorge Dias, Administrador das ARES de Cabo Verde

14h40 | Alocução de Encerramento

  • Dr. João Boaventura Ima Panzo, Diretor da Ação Cultural e Língua Portuguesa do Secretariado Executivo da CPLP
  • Dr. João Dias, Presidente do Conselho de Administração das ARES de Cabo Verde

 

Mais informação: https://www.cplp.org/id-4447.aspx?Action=1&NewsId=9007&M=NewsV2&PID=10872

 

Ler mais ...

Academia Angolana de Ciências (AAC) será Proclamada em Sessão Solene - 04 de Dezembro 2020

Academia Angolana de Ciências (AAC) é uma Associação privada sem fins lucrativos de carácter científico, que goza de personalidade jurídica e autonomia administrativa, patrimonial e financeira.

A AAC, cujo estatuto foi publicado no Diário da República III Série n.º 14 de 21 de Janeiro de 2020, visa a promoção da excelência científica, da consciencialização pública sobre a importância da ciência e do desenvolvimento sustentável baseado na ciência.

A Academia Angolana de Ciências é uma instituição da sociedade civil criada ao abrigo da Lei das Associações Privadas e que no âmbito da sua dimensão e actuação constitui-se um órgão consultivo e participativo na execução de planos e acções para a persecução das metas do Programa de Melhoria da Qualidade do Ensino Superior e da Investigação Científica do Plano de Desenvolvimento Nacional 2018 – 2022 e para a participação dos cientistas e da ciência desenvolvida no país no quadro dos Objectivos do Desenvolvimento Sustentável

Havendo necessidade de seguir os procedimentos legais, a Comissão Instaladora irá realizar, no próximo dia 04 de Dezembro, a partir das 10 horas, no Centro de Conferências de Talatona, em Luanda, a Sessão Solene de Proclamação da ACADEMIA ANGOLANA DE CIÊNCIAS (AAC).

A sessão solene será realizada de forma presencial, com transmissão ao vivo na página oficial do facebook do Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, no seguinte link: www.facebook.com/mescti.gov.ao

 

Luanda, aos 02 de Dezembro de 2020.

 

Ler mais ...

Angola é hoje o 66º Estado Membro do Centro Internacional de Engenharia Genética e Biotecnologia - ICGEB

O Centro Internacional de Engenharia Genética e Biotecnologia (ICGEB), um dos centros das Nações Unidas, realizou a 26ª Sessão do Conselho de Governadores de 18 a 19 de Novembro de 2020, de forma virtual.

Angola participou como Observador e foi representada pelo Director Nacional para o Ensino Superior do Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Prof. Dr. Emanuel Catumbela.

A sessão teve como objetivo decidir como inovar e fortalecer a pesquisa e a cooperação científica em benefício dos Estados Membros e parceiros do ICGEB.

Nesta sessão, Angola foi recebida como o sexagésimo sexto Estado Membro de plenos direitos do Centro Internacional de Engenharia Genética e Biotecnologia. Desde 2018, foram desencadeados os mecanismos legais para adesão de Angola ao ICGEB, traduzidos em apreciação e aprovação da adesão de Angola aos Estatutos do Centro Internacional de Engenharia Genética e Biotecnologia pela Assembleia Nacional, através da Resolução nº 50/19 de 28 de Agosto e da Carta de Adesão nº 5/20 de 9 de Setembro do Presidente da República.

O Presidente dos Governadores - Victor Smirnov, o Director Geral do ICGEB, Lawrence Banks e muitos Governadores (Representantes dos Estados Membro) deram efusivas boas-vindas à Angola como membro de plenos direitos do ICGEB.

Na oportunidade, o Professor Doutor Emanuel Catumbela agradeceu aos Governadores pelas calorosas boas vindas, reafirmando compromisso do Estado Angolano em apoiar e desenvolver a Investigação Científica e propiciar condições para que os investigadores científicos angolanos possam desenvolver investigação de alto padrão. “Neste momento particular que o mundo vive, com a Covid-19, a colaboração científica é fundamental para encontrar soluções eficazes e eficientes. Fazer parte do ICGEB é participar de uma rede mundial de pesquisadores em genética e biotecnologia. Angola fará tudo o que estiver ao seu alcance para contribuir e tirar partido desta rede mundial” afirmou.

A vigésima sétima reunião do Conselho de Governadores será nos dias 18 e 19 de Maio de 2021.

 

MINISTÉRIO DO ENSINO SUPERIOR, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO, em Luanda, aos 20 de Novembro de 2020.

Ler mais ...

Conselho de Pesquisa Europeu (ERC) e Delegação da União Europeia realizam dois Webinar de 10 a 11 de Novembro - Participe!!!

O Conselho de Pesquisa Europeu (ERC) em colaboração com a Delegação da União Europeia para a União Africana, realizam de 10 a 11 de Novembro de 2020, dois (2) Webinars ERC (um em inglês e outro em francês), para investigadores africanos interessados em candidatar-se a um Bolsa ERC.

O Presidente do ERC, Jean-Pierre Bourguignon, seus beneficiários e avaliadores fornecerão informações sobre oportunidades de financiamento e alguns conselhos úteis sobre como se inscrever para aquisição de uma bolsa do ERC. Ambos os webinars incluirão uma sessão de perguntas e respostas para melhor interacção entre os participantes e os oradores.

Para aceder aos webinars, clique no seguinte link: https://erc.europa.eu/event/european-research-council-webinars-researchers-africa-erc-grant-schemes-grantees-experiences

 

Ler mais ...

Chamada de Contribuições: Universidades Africanas e a Pandemia COVID-19

 

 

 

Nações em todo o mundo, incluindo as do continente africano, tiveram que rapidamente chegar a um acordo sobre como lidar e encontrar soluções para os desafios que as afligem com o ataque da pandemia COVID-19. As universidades africanas e mesmo aquelas noutros continentes tiveram muitos desafios a superar, principalmente com a educação continuada, respondendo às necessidades da comunidade e fornecendo informações precisas e contínuas aos alunos e funcionários. A maioria das universidades respondeu com vários níveis de sucesso e continuam a enfrentar os desafios contínuos, desde o ensino e aprendizagem contínuos até à sustentabilidade financeira.

AAP Perspectives é uma nova série de artigos de reflexão publicada pela Michigan State University Press. Perspectives está lançando um apelo para contribuições sobre "Universidades africanas e a pandemia COVID-19", que é uma continuação da série de diálogo AAP realizada entre Abril - Julho de 2020. A série de diálogo, composta por seis partes, foi organizada para fortalecer os laços entre a AAP, membros do consórcio e outras partes interessadas no momento da crise, catalisar acções e compartilhar soluções inovadoras em torno dos principais desafios, aumentar a consciencialização das universidades africanas como correctores / líderes de conhecimento no continente, estabelecer áreas para colaboração futura entre o consórcio e garantir que o investimento em as universidades pós-COVID-19 estão na agenda dos governos africanos, do sector privado e de doadores.

Perspectives acolhe contribuições de qualquer parte do mundo que sejam reflexões curtas e críticas das respostas das universidades africanas e dos seus principais intervenientes à pandemia. As seis secções temáticas do artigo de reflexão são mostradas no Apêndice 1 e o guia de estilo está disponível no Apêndice 2. A primeira secção compartilhará as respostas imediatas e as lições aprendidas pelas universidades africanas, incluindo contribuições da sociedade; as outras secções abordarão questões em torno da colaboração internacional, acesso educacional, segurança alimentar e económica, impacto psicossocial, bem como envolvimento com parceiros, doadores e partes interessadas.

Para a chamada completa de contribuições e detalhes de envio, visite: https://aap.isp.msu.edu/engage/aap-perspectives/

Formulário de submissão e resumos até 30 de Novembro de 2020.

Ler mais ...
Assinar este feed RSS

Links Úteis

Links Externos

Contactos

Redes Sociais